segunda-feira, 30 de abril de 2007

UMA PSEUDOCRONICA PSICANALISTOIDE OU A CULPA É MINHA !!!!

UMA PSEUDOCRONICA PSICANALISTOIDE OU A CULPA É MINHA !!!!

 Que seria do Lorax se não houvesse um Flamengo no mundo?

 Pois bem, pensando nisto, tomei meu Lorax e me espichei na cama para ver quanto tempo resistiria ver meu time perder. Foi assim que já demoli o Flamengo. Levamos um Gol. Mudei de canal e para ficar claro que eu já estou capaz de me desculpar, (superego bom ganhando do superego mau) comprei um anel vermelho (rubi), numa liquidação do Medalhão Persa (canal 26 em longas prestações). Fui fazer um café para mim pois minha profecia estava realizada. EU a poderosa Carmem posso fazer meu time perder.

 A galera da Rocinha, neste meio tempo, começou a berrar. Pensei “ empatamos”. Volto ao quarto e vejo que levamos outro. Penso, não posso ter esse poder, eu nem estava olhando o jogo. Ai vejo na cama, tranquila e profundamente dormindo como que hipnotizado o gato de minha filha que devia estar sofrendo uniformizada no maracanã. Eu estava dormindo com o inimigo e não tinha me dado conta. O gato é branco, tem uma orelha e algumas pintas pretas e um rabo preto. Ufa!!! O dito cujo, o inimigo, que dormia ao meu lado aparece quando eu chamo de “menino”. O gol foi por causa dele. Que alívio. Eu nem estava lá. A culpa não é minha, senão para ter de me provar isso vou ter de comprar mais jóias, pois meu superego bom acha que devo me agradar e me presentear em vez de me punir, como o fazia antes de eles fazerem as pazes. Que bom. Agora estou livre, nem quero mais saber quem ganhou ou perdeu.

 Como viram aprendi a ser um pouco hipócrita. Começo a ver a qualidade das camisas dos jogadores que é boa pois resistem ao adversário. Só os tornozelos é que não. Tenho saudade da arte de Garrincha. Comprarei uma camisa rubro negra para o “menino” que terá de usá-la. Não quero ter de conviver com o nono torcedor do Botafogo. Estou escrevendo para não sair batendo nele e não ligar o telefone para xingar os oito outros torcedores da estrela. Bem, não tive infarto do miocárdio. Viva o Lorax que devia estar me pagando pela propaganda. Vou para o canal 33 ver como os Vulcões explodem. Talvez aprenda algo. Além disso tem esse bendito Blog que me ajuda a botar minha raiva para fora. Deprimidos do mundo UNI-VOS !!! Façam Blogs. Só volto ao canal 19 daqui a meia hora. Não ouço nada da Rocinha. Péssimo alvitre. Barulho na Rocinha. Corro. Pênalti contra o Botafogo. Cruzo as pernas e os dedos. Afinal, já matei o Mar Morto, sou perigosa. Vou assistir o chute para que depois eu possa dizer que o nome do que estou escrevendo é (Crônica de Mau Gosto e de Mau Olhado). GGGGGOOOOOOLLLLLLL. Dois a um. Vou trocar o canal, não posso mais atrapalhar meu time. Acho que vou me esconder no banheiro e sair daqui a algum tempo. Que sofrimento!!! Vou ver de repensar minha vida - não se pode ser Colorada, Corinthiana, e Flamenguista . Ninguém aguenta. A torcida grita “Mengo, Mengo”. Vou trocar o canal. E agora, tiro ou não tiro o gato da cama?? Que fazer?? O que você faria? Me ajudem. Socorro!!!

 O Blog é para isso. Quero dividir minhas dores com outros sofridos que serão os únicos a me entender. O gato não se mexe. Acho que vou jogar uns panos vermelhos e pretos em cima dele. Saia azar.... GENTE. Tiro na Rocinha. GGGOOOLLLLLLLLL. Viva o Souza. E agora, o que faço, fico olhando o jogo do Santos onde também tinha um pênalti??? O gato cretino, continua dormindo. Briga no campo. Diguinho expulso. O gato sai com a chegada de uma amiga. O Mengão melhorou. E agora, assisto o resto ou saio? Não vou saber de quem é a culpa, se minha ou do gato. Melhor ficar. Que camisas boas!! Poxa, iguais a uma que tenho há 25 anos branca assinada pelo Zico que eventualmente se ficar muito pobre vou leiloa-la. Inscrições aqui. Renato, que merda. Vou sair. Vou ver o resultado do jogo na cara da minha filha quando ela voltar. Obrigada senhores.

Um comentário:

Meg disse...

Queridsa, queridíssima.
Lembro tanto de você, me ensinando sobre o superego, que tyem o bom e tem o mau hohoho.

E eu aqui pensando que cheguei aí com você, indicada pela Cora e sem saber o que era blog....
Assim caminha a minha humanidade....
Um beijo , e eu te adoro.
Meg