quarta-feira, 6 de junho de 2012

AINDA OS SACOS (Plásticos)


-Manhã: Marcela, preciso que compres sacos plásticos para a casa.
 - Como?
- Tentei Marcela.
1. Joguei o lixo da cozinha num buraco que fiz no quintal. Os cachorros, foram lá procurando um osso, só pode ser e espalharam tudo. Vou ter que tapar tudo de novo.
 Ecologistas, o que faço com os cachorros? Mato-os? Solto-os?
2. O papel higiênico – fiz uma fogueira lá fora e ao ver fumaça os vizinhos ameaçaram chamar os bombeiros. Dou-lhes razão. Nesse tempo não se pode fazer fogueira.
3. Ecologistas - que faço com o papel higiênico? Posso recicla-lo, usando vários metros cúbicos de agua, lavando ou faço um outro buraco no quintal para que ele vire uma merda geral? Ainda tenho os cachorros.
4. Compro sacos chineses lindos de morrer que um dia vou emoldurar, no Zona Sul (supermercado). Cabem nele, duas batatas, 1 cebola, 1 pedaço de queijo, 8 rolos de papel higiênico. Não é por nada, mas eu precisava de mais 25 itens. E agora? Ecologistas me digam, por favor, qual foi o “contrato” que vocês fizeram com os donos de supermercados e os fabricantes de sacos plásticos? Quero entrar nesta boca.

2 comentários:

Bruno Porto disse...

Querida Carmem, tentei telefonar-lhe mas o numero que tenho não atendia ou ligava secretaria eletronica. Desculpe usar este meio para avisar-lhe que nossa Maria Amalia faleceu nesta quarta feira 06 de junho. Haverá uma missa de sétimo dia na Igreja Santa Margarida Maria (Fonte da Saudade / Lagoa) organizada por João Diniz nesta terça 12 de junho às 19h. Um beijo muito carinhoso, Bruno Porto

Tamara Ramos disse...

Dra. Carmem, estou encantada com seu livro "Personalidade Psicótica e Psicose". Sua visão sobre o problema da família psicótica é extraordinária. Parabéns pelo trabalho. Abraço, Tamara Ramos